10 novembro 2011

Começa nesta sexta-feira, Londrina SuperTouros 2011



Com grandes atrações começa nesta sexta-feira o rodeio show Londrina SuperTouros 2011. Jorge & Mateus, uma das principais duplas sertanejas do Brasil, abre os quatro dias de festa. A dupla é responsável pelo animado sertanejo universitário, com os sucessos “Pode Chorar”, “De Tanto Te Querer”, “Voa Beija Flor”, “Querendo Te Amar”, “Amo Noite e Dia”, entre outras músicas. No palco o melhor da seleção musical sertaneja. No dia 11 tem ainda Jorge & Mateus e Humberto e Ronaldo, no dia 12 Edson e Hudson , dia 13 Hugo e Gabriel, e encerra no dia 14 com Gusttavo Lima.
Amanhã, antes do inicio do show começa uma das etapas finais do Super Bull PBR, que também vai até a segunda-feira. A competição que tem como regra básica ficar em cima do touro por 8 segundos, vai definir o novo milionário do mundo dos rodeios, que terá a final em Cajamar no interior de São Paulo.
Após o resultado da etapa anterior em Curitiba a disputa pelo titulo e pelo cheque de um milhão de reais ficou ainda mais acirrada. Eduardo Aparecido da Silva que há 21 rodadas lidera o ranking do Brahma Super Bull PBR viu sua distância para o segundo colocado, Edevaldo Ferreira, cair de 600 para menos de 100 pontos. Ferreira é o recordista de vitórias em competições do maior circuito em montaria em touro do país.


Diferencial na entrada no Parque Ney Braga durante o SuperTouros

O rodeio show Londrina SuperTouros, que acontece de 11 a 14 de novembro, terá um diferencial para o público, com entrada de graça no Parque Ney Braga. Antes de entrar na arena ou nos camarotes todos poderão usufruir do Brahma Country Bar e da praça de alimentação.
O acesso será controlado nas entradas da arquibancada, serão ao todo 4 pontos de acesso com ingresso, e também nos comarotes que terão um receptivo único para os dois acessos, tanto do Vip Fusion, como o Brahma Country. Lembrando que o VIP Fusion Super Bull, terá atendimento exclusivo e DJ’s antes e depois da festa, e do VIP Brahma Country, que terá open bar até o final do show, com Chopp Brahma, água e refrigerante


Campeonato Super Horse Três Tambores Brasil


A Etapa de Londrina do Campeonato Super Horse 3 Tambores Brasil também acontece entre os dias 12 a 14 de novembro. Teremos uma grande etapa com premiação total de R$15.000,00 .

Uma das mais interessantes e esperadas disputas nas festas de peão da atualidade, apresenta belos animais na modalidade, além de agregar a graça feminina às arenas, tudo isso no Campeonato Super Horse Três Tambores Brasil, uma competição individual de velocidade, disputada a cavalo e por mulheres.

Bastante difundida e ocupando posição de destaque nas arenas brasileiras, a modalidade está em crescimento. Na prova, o cavalo e competidora devem correr contornando três tambores no centro da arena, fazendo curvas fechadas, reclinando o cavalo e a atleta. O objetivo é fazer o percurso em menor tempo e não derrubar nenhum dos tambores. No caso de algum destes virar, no final da contagem do tempo haverá o acréscimo de cinco segundos.
Chapéu, calças, botas ou botinas e camisa de manga longa com punhos abotoados são parte do uniforme dessa prova. Um aspecto interessante é o peso mínimo para a participação da prova: 65 quilos, incluindo sela, manta e freio. As atletas têm o hábito de se preparar visualmente para a prova. É comum ver uma amazona usando as mesmas cores do equipamento de seus cavalos. O campeonato é o maior da modalidade e oferece prêmios para as campeãs que variam entre trailer, viagens para o exterior e premiação em dinheiro.
O Super Horse acontece sempre antes do inicio do rodeio, marcado para as 20h.

Celebridades confirmam presença no Londrina SuperTouros 2011

As atrizes globais Giovana Lancelotti, Juliana Knust, a atriz da Rede Record Juliana Baroni, o ator e apresentador da Mario Frias, a ex-jogadora de vôlei Virna e a ex-BBB Flávia Viana, entre outros, desfilarão prestígio, talento e simpatia no rodeio show “SuperTouros 2011”. O evento já é um sucesso de público.
As entradas para o setor arquibancada/pista estão sendo vendidas pelo site www.zetks.com.br e também nos pontos de venda.
Confira abaixo a agenda de shows :

AGENDA DE SHOWS
Dia 11 – Jorge & Mateus / Humberto e Ronaldo
Dia 12 – Edson e Hudson
Dia 13 – Hugo e Gabriel
Dia 14 – Gusttavo Lima

Pontos de vendas para Arquibanca/pista, já confirmados do Londrina Supertouros 2011

Quiosque Disk Ingressos – Pátio San Miguel
Av. Higienópolis, 762
Telefone: (43) 3345-1368

Óticas Diniz/Londrina
Loja 1
Av. Bandeirantes, 666
Vila Ipitanga – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0554

Loja 2
Senador Souza Naves, 158 C
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0552

Loja 3
Avenida São Paulo, 187 A
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0553

Cowboy Pelego
Av Tiradentes, 1241
Londrina / Paraná
Telefone: 3324-7661

Bombonieri Gramado e Cia
Jardim Mall, loja 2
Rua Pio XII – Centro – Londrina
Telefone: (43) 3336 9033

Mundo Verde
Shopping Catuaí
Rod. Celso Garcia Cid, S/N
Telefone: (43) 3325-0010

09 novembro 2011

A dupla Jorge & Mateus abre Londrina SuperTouros 2011



Começa nesta sexta-feira o Londrina SuperTouros 2011, evento que promete ser a segunda maior movimentação do ano no Parque Ney Braga, depois da ExpoLondrina. Com um formato que reúne show e rodeio, terá na arena as grandes estrelas do rodeio mundial e no palco o melhor da seleção musical sertaneja. No dia 11 tem Jorge & Mateus e Humberto e Ronaldo, no dia 12 Edson e Hudson , dia 13 Hugo e Gabriel, e encerra no dia 14 com Gusttavo Lima.

Jorge & Mateus, uma das principais duplas sertanejas do Brasil, abre os quatro dias de festa. Ela que é responsável pelo animado sertanejo universitário, com os sucessos “Pode Chorar”, “De Tanto Te Querer”, “Voa Beija Flor”, “Querendo Te Amar”, “Amo Noite E Dia”, entre outras.

Foi através de um amigo em comum, em 2005, que Jorge, estudante de Direito que participava, sozinho, de muitos festivais de música, e Mateus, que cursava agronomia e que também se apresentava em festas e festivais de música, tiveram a oportunidade de cantarem juntos em um churrasco de amigos. A sintonia foi tão forte, que os músicos passaram a fazer shows como dupla. A primeira apresentação foi em 26 de maio de 2005, numa boate da cidade de Itumbiara para um público universitário.

Após o primeiro show, Jorge & Mateus resolveram gravar um CD independente, na garagem da casa de Mateus, com algumas composições próprias e novas roupagens de clássicos da música sertaneja. O repertório agradou e a agenda de apresentações aumentou. Com isso, a gravadora Universal Music ficou conhecendo o trabalho da dupla e, em 2007, resultou na gravação do CD e DVD “Ao Vivo Em Goiânia”.

A repercussão foi tão imediata e a dupla, além de ver o seu primeiro grande sucesso, a canção “Pode Chorar” estourar por todo o Brasil, ganhou disco de ouro. Jorge & Mateus também alcançaram um ineditismo com o projeto chamado “Jorge & Mateus Elétrico”: misturando axé e música pop ao sertanejo, a dupla lançou a micareta sertaneja. Os goianos passaram a se apresentar no carnaval de Salvador, sendo a primeira dupla sertaneja a conseguir tal feito.

No ano de 2009 emplacaram turnê internacional, fizeram três shows nos Estados Unidos; participaram pela primeira vez de um cruzeiro temático de música sertaneja, que teve a sua lotação esgotada 15 dias antes de sair do porto; reuniram um público de 40 mil pessoas em uma apresentação em Goiânia, que foi transmitida ao vivo pelo twitter e gravada pelo canal Multishow em High Definition, sendo o primeiro de uma dupla sertaneja a ser compilado nesse formato.

“Aí Já Era”, produzido por Jorge & Mateus e Dudu Borges, é o atual álbum de trabalho da dupla e já garantiu o segundo disco de ouro. Hoje, as músicas “Amo Noite E Dia”, “Mil Anos”, “Tempo Ao Tempo”, “Aí Já Era” e “Chove, Chove” são destaques das principais rádios do país.

Acompanhados por Juliano Gomes (bateria), Luiz Henrique Silva (guitarra e violão), Alfredo Liduário (guitarra), Ekton Silva (percussão), Leomar da Silva (baixo), Marciano Santos (teclado), Reniones Dias (sanfona) e Alexandre Alves e Neuliene Marques (vocais), Jorge & Mateus, com seis anos de carreira marcada por grandes sucessos.
Na sexta-feira também se apresenta no Londrina SuperTouros Humberto & Ronaldo, dupla goiana que vem se destacando no cenário nacional.

04 novembro 2011

Montagem para Rodeio Show SuperTouros 2011 já está quase concluída



A montagem para o rodeio show SUPERTOUROS 2011, o maior evento do gênero de Londrina, já está quase concluída no Parque Ney Braga. O local escolhido para receber as arquibancadas fica ao lado do portão central. Além disso, já está em andamento a montagem dos dois camarotes que irão atender o evento, o VIP Fusion Super Bull, que terá atendimento exclusivo e DJ’s antes e depois da festa, e do VIP Brahma Country, que terá open bar até o final do show, com Chopp Brahma, água e refrigerante.

O palco que receberá os shows de Jorge & Mateus, Edson & Hudson, Hugo & Gabriel e Gusttavo Lima também se encontram em estado avançado.

Na arena, o público que comparecer ao Parque Ney Braga acompanhará a disputa das mulheres no Super Horse 3 Tambores e o rodeio, uma etapa da reta final do Brahma Super Bull PBR, maior campeonato de montaria em touros do Brasil. Os melhores competidores do país e alguns destaques internacionais estarão presentes de 11 a 14 de novembro, no Parque de Exposições Ney Braga.

27 outubro 2011

Celebridades confirmam presença no Londrina SuperTouros 2011



A atriz global Giovana Lancelotti, o ator e apresentador da Mario Frias, a ex-jogadora de vôlei Virna e a ex-BBB Flávia Viana desfilarão prestígio, talento e simpatia no rodeio show “SuperTouros 2011”, uma etapa londrinense do Brahma Super Bull PBR, maior campeonato de montaria de touros do Brasil. A competição acontecerá entre os dias 11 e 14 de novembro próximos no Parque de Exposições Ney Braga. O evento já é um sucesso de público.

E já estão esgotados os ingressos do primeiro lote do espaço mais nobre do Parque, o Vip Brahma Country, para os shows de Jorge & Mateus, na sexta dia 11, e para de Gusttavo Lima, na segunda, 14. E o segundo lote já começou a ser vendido.

As entradas para o setor arquibancada/pista por meio do site www.zetks.com.br já está sendo vendido, como também nos pontos de venda. Graças a um acordo entre a Santarena Eventos e a Sociedade Rural do Paraná, as entradas serão comercializadas por valor inferior ao divulgado na semana passada: agora o valor é de R$ 30 reais (R$ 15 para quem tem direito à meia entrada).


Confira abaixo a agenda de shows :

AGENDA DE SHOWS
Dia 11 – Jorge & Mateus / Humberto e Ronaldo
Dia 12 – Edson e Hudson
Dia 13 – Hugo e Gabriel
Dia 14 – Gusttavo Lima

Pontos de vendas para Arquibanca/pista, já confirmados do Londrina Supertouros 2011
Óticas Diniz/Londrina
Loja 1
Av. Bandeirantes, 666
Vila Ipiranga – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0554

Loja 2
Rua Prof. João Cândido, 100
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0551

Loja 3
Senador Souza Naves, 158 C
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0552

Loja 4
Avenida São Paulo, 187 A
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0553

Óticas Diniz/Maringá
Loja 1
Av. Herval, 578
Zona 1 – Maringá/Paraná
Telefone: 44. 3222 2021

Loja 2
Av. Brasil, 3036
Zona 1 – Maringá/Paraná
Telefone: 44. 3222 2022

Bombonieri Gramado e Cia
Jardim Mall, loja 2
Rua Pio XII – Centro – Londrina
Telefone: (43) 3336 9033

18 outubro 2011

LONDRINA RECEBE MELHORES PEÕES DO BRASIL E DESTAQUES DO RODEIO MUNDIAL



Londrina sediará o Londrina SuperTouros 2011, uma etapa da reta final do Brahma Super Bull PBR, maior campeonato de montaria em touros do Brasil. Os melhores competidores do país e alguns destaques internacionais estarão presentes de 11 a 14 de novembro, no Parque de Exposições Ney Braga.
A edição londrinense será decisiva para a definição do campeão da temporada 2011, que levará um cheque de R$ 1 milhão. A última rodada acontecerá em Cajamar, no estado de São Paulo, duas semanas após a competição no norte do Paraná.
No Londrina SuperTouros 2011, promovido pela Sociedade Rural do Paraná e Santarena Eventos, o público que comparecer ao Parque Ney Braga acompanhará a disputa das mulheres no Super Horse 3 Tambores e shows com Jorge & Mateus, Edson & Hudson, Hugo & Gabriel e Gusttavo Lima. “Com um evento desse porte, próximo da decisão da PBR Brasil, com o nível de shows que teremos, fixaremos uma nova data de atração turística não só para Londrina, mas para todo o norte do Paraná”, comemora José Carlos Bruno de Oliveira, superintendente da Sociedade Rural do Paraná.
Os ingressos para o evento estarão disponíveis para compra pela internet e nos pontos de venda credenciados. A entrada que dá direito a acompanhar o espetáculo da arquibancada/pista pode ser adquirida no www.zetks.com.br. Para aqueles que quiserem assistir em local com vista privilegiada, os convites do VIP Fusion Super Bull, que possui atendimento exclusivo e DJ’s antes e depois da festa, e do VIP Brahma Country, com open bar até o final do show, estão à venda pelo www.ticket360.com.br
Os ingressos vão ser vendidos por lotes, e com preços diferentes a cada lote.

Responsabilidade Ambiental - O Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano (ICDH) trará ao Londrina Super Touros 2011 o Universo Bem Me Quer. O projeto prima pela conscientização das questões de responsabilidade ambiental através de ações da disposição correta do lixo gerado no evento, incentivando a reciclagem de resíduos gerados e abrindo oportunidades para todos envolvidos neste ciclo. Comunidades locais serão beneficiadas através da inclusão das cooperativas de catadores e da facilitação da venda destes resíduos ao mercado.

Confira abaixo a agenda de shows e os valores dos ingressos:

AGENDA DE SHOWS

Dia 11 – Jorge & Mateus / Humberto e Ronaldo
Dia 12 – Edson e Hudson
Dia 13 – Hugo e Gabriel
Dia 14 – Gusttavo Lima

Pontos de vendas já confirmados do Londrina Supertouros 2011


Óticas Diniz/Londrina

Loja 1
Av. Bandeirantes, 666
Vila Ipitanga – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0554

Loja 2
Rua Prof. João Cândido, 100
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0551

Loja 3
Senador Souza Naves, 158 C
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0552

Loja 4
Avenida São Paulo, 187 A
Centro – Londrina / Paraná
Telefone: (43) 3336 0553

Óticas Diniz/Maringá

Loja 1
Av. Herval, 578
Zona 1 – Maringá/Paraná
Telefone: 44. 3222 2021

Loja 2
Av. Brasil, 3036
Zona 1 – Maringá/Paraná
Telefone: 44. 3222 2022

Bombonieri Gramado e Cia
Jardim Mall, loja 2
Rua Pio XII – Centro – Londrina
Telefone: (43) 3336 9033

26 abril 2011

ExpoLondrina 2011 supera as metas e cresce 73%



Com o tema “O Show de Quem Produz”, a 51ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina – a ExpoLondrina 2011 – realizada de 7 a 17 de abril, terminou superando as expectativas traçadas.
O crescimento geral da ExpoLondrina 2011 foi de 73,7%, impulsionado pelo bom momento que o setor agropecuário passa.
Segundo dados apurados pela organização, a movimentação econômica nos 11 dias de evento foi de R$ 337.139.000,00sendo que em 2010 foi de R$ 194.076.216,00.
O número de visitantes, que já é expressivo, também registrou um aumento 8,04%, ante 2010, atingindo 500.867 mil. Ano passado foram 463.575 pessoas transitando pelo Parque de Exposições Ney Braga, local do evento. Só no dia 16 de abril, sábado o público presente no Parque de Exposições atingiu 80.603 pessoas, um recorde.
“A ExpoLondrina 2011 foi realizada num momento muito propício para o agronegócio e os produtores mostraram que estão investindo na atividade, o que pode ser constatado diante dos pedidos de financiamentos que tivemos”, diz o presidente da Sociedade Rural do Paraná, entidade organizadora do evento, Gustavo Andrade e Lopes.

Financiamentos
O Banco do Brasil encerou sua participação na ExpoLondrina com R$ 100 milhões em propostas de financiamentos feitas pelos produtores rurais. Este volume equivale a, aproximadamente, três vezes mais comparado ao resultado obtido ano passado quando R$ 22 milhões foram solicitados à instituição financeira. A expectativa do banco é que no pós-feira o total de pedido de financiamento ultrapasse esse valor.
Segundo o superintendente regional do BB em Londrina, Flávio Mazzaro, o bom momento pelo qual passa a agricultura e pecuária fez com que os produtores buscassem financiamentos não só para aquisição de máquinas, implementos agrícolas e animais, mas também para melhorias na infraestrutura da propriedade com objetivo de aumentar a produtividade.”
A Cooperativa Sicredi União havia protocolado pedidos de financiamentos de cerca de R$ 32 milhões até o final da Exposição, valor 20% superior ao do ano passado.
A expectativa é totalizar, com o pós-feira, R$ 50 milhões. A maior parte dos pedidos de financiamento é direcionado à compra de maquinário e animais, segundo informações do setor de comunicação da cooperativa.
Os técnicos do BRDE receberam propostas de negócios em torno de R$ 30 milhões, principalmente para aquisição de máquinas e equipamentos. Além desse valor, o banco assinou contratos no valor de R$ 13 milhões na ExpoLondrina, em quatro contratos, envolvendo três empresas de Londrina - Laboratórios Vencofarma, Dismafe e Hachimitsu Atelier de Delícias – e a Cooperativa Integrada.
A Credicorol, que atendeu no estande do BRDE, protocolou 12 operações totalizando R$ 981.451,00 e em negociação, foram sete solicitações no total de R$ 1.023.000,00.

Comercialização em leilões
Outro forte setor da ExpoLondrina, a comercialização de animais em leilão, atingiu um total de R$ 20.520.000,00 milhões. Foram realizados 28 remates, que juntos venderam 8.181 animais.
Os preços alcançados em alguns leilões de corte surpreenderam o setor pecuário. O 1º Leilão da HoRa - Agropecuária Hofig Ramos –, realizado na noite de segunda-feira, dia 11, atingiu recorde absoluto no Brasil em média por animal de corte, registrando o valor inédito de R$1.659,88.
Outros destaques do leilão foram as médias específicas de machos e fêmeas. Os machos tiveram um preço médio de R$1.276,87, uma excelente cotação. Mas as fêmeas foram as estrelas absolutas da noite, alcançando a incrível marca de R$ 1.753,74.
O primeiro leilão de corte da ExpoLondrina 2011, o 10 Marcas, realizado na noite anterior à abertura oficial da Exposição, já mostrou que o mercado estava aquecido. Os animais atingiram a média recorde para gado de corte no Paraná, em torno de R$ 1.150,00.
Os leilões de elite também tiveram bom desempenho. O animal que atingiu o maior preço foi a fêmea Suprema TE TH, arrematada por R$ 540 mil. A fêmea foi comercializada no 7º leilão Paraguaçu RS, vendida pelo criador Sidnei Tomé e arrematada por Carlos Henrique Ribeiro Belli.
Cavalos
Os cavalos ganharam destaque nesta edição da ExpoLondrina. O evento sediou a Exposição Brasileira de Cavalos da Raça Mangalarga. O resultado foi considerado tão positivo pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos da Raça Mangalarga, que ressaltou a qualidade dos animais aliado à organização dos criadores, que está analisando a possibilidade de a ExpoLondrina se tornar sede oficial da Exposição Brasileira de Cavalos da Raça Mangalarga a partir de 2012.
Os cavalos da raça Crioula também retornaram para a ExpoLondrina depois de cerca de 15 anos sem participação no evento. A raça participou com 120 animais.
Animais julgados
Mais de três mil animais passaram pelas pistas de julgamento da ExpoLondrina 2011. Participaram da ExpoLondrina 2011, 38 raças bovinas, equinas, ovinas, caprina, bubalina, suínas, mares e asininas.

Shows, rodeios e atrações
Nos 11 dias da ExpoLondrina foram realizados 11 shows na Arena de Shows e Rodeios João Milanez, concentrados em oito dias. Os três últimos dias do evento foram dedicados ao Rodeio Brahma Super Bull PBR. Este ano, uma das novidades realizadas foi o Rodeio Mirim, em que crianças em idades entre 4 e 12 anos montaram em ovelhas.
Os shows e rodeios atraíam um público de 123.804 pessoas.
O Palco 2, outra alternativa de apresentações de cantores em ascensão no cenário nacional, recebeu 15 apresentações.
Ainda se apresentaram na ExpoLondrina 2011 grupos de teatro, numa parceria com o Festival Internacional de Teatro de Londrina (Filo), e a Orquestra de Metais Lyra de Tatuí, em parceria com o Festival de Música.
Houve ainda apresentações de grupo de Taikô, Banda do Exército, Esquadrilha da Fumaça e várias outras atrações.

Setor máquinas, equipamentos e veículos
O setor de maquias, equipamentos e veículos já começou a ExpoLondrina 2011 ocupando uma área 22% superior ao ano passado. O setor comercializou R$ 82 milhões e 910 mil, já considerando os R$ 30 milhões e 600 mil financiados pela rede bancária. Estes números referendam a previsão divulgada pela Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), do crescimento de 15% em 2011, para a área como um todo.

Eventos técnicos
Os eventos técnicos realizados pela Sociedade Rural do Paraná, Instituto Emater, Canal Rural e Associação Nacional dos Produtores de Bovino de Corte atraíram mais de 12.267 mil pessoas, em cerca de 30 palestras, seminários, encontros, seminários, painéis e cursos.

Visitas monitoradas
As visitas monitoras agendadas somaram 24.727 pessoas, entre crianças e adolescentes (alunos de escolas públicas municipais e estaduais, de 4 a 16 anos de idade), e idosos (grupos de terceira idade, de convivência e do SESC) de Londrina e região, visitaram a 51ª ExpoLondrina, entre os dias 11 e 15 de Abril.

Eventos políticos
A ExpoLondrina 2011 foi palco de importantes discussões e visitas políticas. O então presidente da República em exercício, Michel Temer, visitou a Exposição, acompanhado do ministro da Agricultura, Wagner Rossi.
O governador do Paraná, Beto Richa, realizou sua primeira audiência pública fora de Curitiba, reunindo mais de 600 pessoas, no Recinto José Garcia Molina. Ele e vários de seus secretários de Estado, inclusive o da Secretaria de Agricultura, Norberto Ortigara também receberam lideranças e prefeitos da região, em espaços especialmente preparados no Parque Ney Braga. O governador, além de estar presente à abertura oficial da ExpoLondrina 2011, dia 7 de abril, permaneceu dois dias em Londrina acompanhando o evento e também esteve presente no lançamento da ExpoLondrina, dia 17 de março.
Outra importante reunião política realizada na ExpoLondrina foi a audiência pública da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa do Paraná. Os deputados receberam as reivindicações de lideranças do setor e se comprometeram a dar encaminhamento a elas.

Gestão do lixo
A 51ª ExpoLondrina deve entrar para a história da Sociedade Rural como o início do Programa de Gestão de Resíduos no Parque Ney Braga.
Durante os 11 dias do evento foram recolhidas cerca de 15 toneladas de latinhas de alumínio e 10 toneladas de material orgânico (descartado pelos restaurantes e dormitório dos animais).
“Isto equivale a, aproximadamente, toda a coleta realizada em Rolândia durante um mês”, acrescentou Eduardo Panachão, presidente da ONG MAE, que foi contratada para administrar a implementação do Programa.
Durante todo o evento, os catadores da Coopersil (Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Londrina) percorreram o Parque Ney Braga recolhendo latas de cerveja e refrigerante, plásticos, papel e papelão, descartados em latões identificados ou caídos no chão.
O dinheiro da venda dos recicláveis será utilizado para remunerar os catadores e aplicar na entidade.
O material orgânico será destinado a 21 hortas comunitárias de Cambé que beneficiam mais de mil famílias daquela cidade.
Segundo o presidente da Sociedade Rural do Paraná, Gustavo Andrade e Lopes, o Programa de Gestão de Resíduos na ExpoLondrina é algo inédito no segmento brasileiro. Ao mesmo tempo em que contribuiu com o sucesso do evento, ele cumpriu uma lei municipal que exige dos grandes geradores a destinação adequada do lixo.

Feira Sabores do Paraná
A edição de Londrina da Feira Sabores do Paraná, realizada durante a 51ª Expolondrina 2011, em mais de R$ 300 mil em vendas de produtos da agroindústria familiar. Durante os 11 dias da Expolondrina mais de 50 mil pessoas passaram pelo Pavilhão Internacional do Parque Ney Braga, onde a Feira foi instalada.
Os visitantes tinham à disposição mais de 1.000 itens de produtos oferecidos diretamente pelos produtores, como geléias, patês, doces, embutidos, queijos, lingüiças, temperos, condimentos, pimentas, conservas, etc.
Pesquisa de avaliação realizada pela Divisão de Agronegócio Familiar, da Seab, mostrou que 97% dos agricultores recuperaram todas as despesas feitas para a participação da feira; destes, 84% obtiveram lucros. Ainda segundo a pesquisa, 61% fecharam negócios futuros.

ExpoLondrina 2012 já tem data definida
A 52ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina já tem data marcada: será de 5 a 15 de abril de 2012. A data foi anunciada no último dia da ExpoLondria 2011, dia 17 de abril, pelo presidente da Sociedade Rural do Paraná, Gustavo Andrade e Lopes.

18 abril 2011

Peão de Andradina (SP) foi o campeão do rodeio na ExpoLondrina



Com 349 pontos, o peão Edevaldo Ferreira da cidade de Andradina (SP) foi o grande vencedor da rodeio da 51ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina. Ele embolsou exatos R$ 10.080,00 por ter o melhor desempenho no Campeonato Brahma Super Bull PBR 2011, que aconteceu de sexta (15) a domingo (17), no recinto João Milanez. Pela quarta vez consecutiva, a ExpoLondrina sediou uma etapa nacional do Professional Bull Riders, o maior e milionário campeonato de montaria em touro.

O segundo lugar ficou com o Eduardo Aparecido Silva da cidade de Gouvelândia (GO), que obteve 343,50 pontos e levou para casa um prêmio de R$ 7,2 mil. O demais classificados do terceiro ao oitavo lugares, com as respectivas pontuações e prêmios, foram: Fernando da Conceição da cidade de Pilar do Sul (SP) fez 272,50 pontos e recebeu R$ 4.320,00; João Paulo Sales, de Araras (SP) com 264,50 pontos recebeu R$ 2.880,00; com 263,50 pontos, Ademir Cândido, de Terra Boa (PR) levou R$ 1.728,00; o peão Magno Alves de Santana do Araguaia (PA) com 259,50 pontos recebeu R$ 1.152,00; com 246,50 pontos, Wallace Vieira, de Goiânia (GO) recebeu R$ 864,00 e Edgard Lázaro, de Londrina (PR) fez 231,50 pontos recebendo R$ 576,00.

As provas da etapa londrinense foram bastante prestigiadas pelo público de Londrina e região que, nos três dias de prova, lotou as arquibancadas do recinto João Milanez. “O rodeio superou nossas expectativas, pois tivemos casa lotada todos os dias. A participação da platéia foi ótima. Quem veio ao rodeio certamente assistiu a um evento de padrão internacional”, comenta Ilson Romanelli, diretor comercial da Sociedade Rural do Paraná e responsável pelo rodeio.

Ao todo participaram 30 peões do Paraná, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Foram distribuídos cerca de R$ 40 mil, sendo que diariamente foram premiados quatro competidores com melhor pontuação, além do prêmio ao proprietário dos animais.

“Como sempre, a participação do público de Londrina e região foi maravilhosa. Além disso, tivemos um alto nível técnico de competidores e de boiadas”, salienta Rafael Vilella, locutor oficial da PBR Brasil. Os touros virão das principais companhias brasileiras como Paulo Emílio e Gataz (ambas de São José de Rio Preto, SP), Cia. 3B (Cotia, SP) e Beto Tribulato (Nova Esperança, PR).

Os comentários ficarão a cargo de André Metzker, ex- competidor e finalista mundial do Professional Bull Riders (PBR), em 1998. O tricampeão mundial, Adriano Moraes, acompanhou de perto a competição em Londrina.

Rodeio Mirim - O garoto Bruno Mulato, de 8 anos, morador de Icem, interior paulista, foi o vencedor do Rodeio Mirim e levou para casa uma moderna bicicleta. Ele fez 70 pontos. O mesmo prêmio foi entregue para o londrinense José Renato Camargo Garcia Andretta, também de 8 anos, que fez 65 pontos.

Os demais classificados do terceiro ao décimo lugar, respectivamente,que receberam prêmios variados, foram os seguintes participantes: Matheus Eduardo (Cambé), Adrian Felipe Costa (Londrina), Isabela Luz Boeira (Londrina), Gustavo Romanelli (Londrina), Erik Andry da Silva (Londrina), Alisson da Silva e Daniel Oliveira Fofano (ambos de Londrina, empatados em oitavo lugar), Vitor Hugo (Cambé) e Robson Clauton Camparin (Londrina).

As montarias em carneiros contaram com 20 crianças de ambos os sexos, com idade entre quatro e 12 anos. Essa é foi a primeira vez que a ExpoLondrina realizou o Rodeio Mirim. O evento faz parte do projeto “Futuro Cowboy” pertencente à Equipe Raphael Leal, de Maringá. A locução oficial foi Raphael Leal, de 10 anos. Ele é contratado para contratado para narrar as montarias em carneiro no Parque do Peãozinho, durante a Festa de Barretos.

Prova de Três Tambores - Paulista de Ribeirão do Sul, Bia Araújo Ravanelli classificou-se em primeiro lugar na Prova de Três Tambores e foi premiada com R$ 4.080,00. A segunda colocação ficou com a londrinense Adriana Manella Pimentel, que embolsou R$ 2,4 mil. Terceira colocada, a também londrinense Sara Niero Cardoso ganhou R$ 1.680,00. Thais Takahashi, de Londrina, ficou em quarto lugar e recebeu R$ 1,2 mil), enquanto Isabela Ronbaldi Costa, de Loanda (PR), foi premiada com R$ 840,00).

As amazonas classificadas do sexto ao décimo lugar, respectivamente, são: Francielle Stephany Rozzatti (São Bento do Sul, Santa Catarina), Mariana Roque (Ourinhos, São Paulo), Sálua Soares (Londrina, Paraná), Amanda Gelli G. Ferreira (Querência do Norte, Paraná) e Fernanda Mattos (Campo Grande, Mato Grosso do Sul).

Laço em Dupla - Renato Dona (Jaguapitã) e Renato Custódio (Assai) venceram a prova do Laço em Dupla e receberam R$ 4 mil e fivelas. Os segundos colocados foram Heitor HB e Mateus Bobato, ambos de Arapongas, que ganharam R$ 2 mil. Em terceiro lugar classificaram-se Moisés Botelho (Assai) e Darci Barreto (Cornélio Procópio) e receberam R$ 1 mil. Ao todo competiram 11 duplas.

Mala de Louco - Os londrinenses Lucas Souza e Cássio Cardoso receberam R$ 500 mais fivela por terem ficado em primeiro lugar na prova Mala de Louco, que consiste em engarupar o companheiro no menor tempo possível. Em segundo lugar ficaram os também londrinenses Marcos Garcia e Gustavo Fernandes com um prêmio de R$ 300,00.

ExpoLondrina 2012 já tem data definida

A 52ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina já tem data marcada: será de 5 a 15 de abril de 2012. A data foi anunciada neste domingo, 17, pelo presidente da Sociedade Rural do Paraná, Gustavo Andrade e Lopes.

Numa avaliação ainda sem números concretizados, Lopes destacou que a ExpoLondrina 2011, que termina neste domingo, deve alcançar e, possivelmente, superar as metas traçadas para este ano, que é de cerca de R$ 200 milhões comercializados e um público de cerca de 490 mil pessoas.

“Tivemos dois dias de chuva, mas mesmo assim devemos atingir um excelente público”, disse Lopes, lembrando que no primeiro final de semana da ExpoLondrina 2011 foram registrados públicos de 73 mil pessoas no sábado, e de 65 mil no domingo.

Lopes também adiantou que a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Appaloosa manifestou o interesse de realizar, durante a ExpoLondrina 2012, o Congresso Pan Americano da Raça Appaloosa. “Isso demonstra que a organização de nosso evento”, complementou Lopes.

Outro ponto destacado pelo presidente da SRP foi a importância da ExpoLondrina enquanto espaço de relacionamento e discussões políticas, com empresas investindo para estar na exposição recebendo seus clientes e apresentando seus produtos; e lideranças políticas e da sociedade civil organizada realizando discussões importantes dentro do Parque Ney Braga, durante os 11 dias do evento.

Dois importante eventos políticos foram realizados na ExpoLondrina 2011. Um deles foi a audiência pública realizada pelo governo do Estado, que passou um dia recebendo lideranças no Parque Ney Braga. A audiência pública do governo reuniu mais de 400 pessoas.

O segundo evento foi a audiência da comissão de Agricultura da Assembléia Legislativa realizada na tarde de sexta-feira, na qual deputados estaduais ouviram as reivindicações do agronegócio.

Os números de negócios realizados na ExpoLondrina 2011 serão anunciados na próxima semana.

17 abril 2011

ExpoLondrina é modelo na gestão de resíduos para todo Brasil






A 51ª ExpoLondrina deve entrar para a história da Sociedade Rural como o início do Programa de Gestão de Resíduos no Parque Ney Braga.

A estimativa é que até o final do evento sejam recolhidas 15 toneladas de latinhas de alumínio e 10 toneladas de material orgânico (descartado pelos restaurantes e dormitório dos animais).

“Isto equivale a, aproximadamente, toda a coleta realizada em Rolândia durante um mês”, acrescentou Eduardo Panachão, presidente da ONG MAE, que foi contratada para administrar a implementação do Programa.

Durante os 11 dias da feira agropecuária, os catadores da Coopersil (Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Londrina) percorreram o Parque Ney Braga recolhendo latas de cerveja e refrigerante, plásticos, papel e papelão, descartados em latões identificados ou caídos no chão.

Com o apoio de carrinhos elétricos, eles separaram e despacharam esse material a partir do depósito mantido pela cooperativa ao lado do Pavilhão Internacional, no Parque de Exposições Ney Braga. O dinheiro da venda dos recicláveis será utilizado para remunerar os catadores e aplicar na entidade. Só em latinhas de alumínio, a ONG MAE calcula que serão obtidos R$ 42 mil.

O material orgânico será destinado a 21 hortas comunitárias de Cambé que beneficiam mais de mil famílias daquela cidade. “Pretendemos expandir essa parceria, no próximo ano, também a Londrina e, principalmente, incentivar outras feiras agropecuárias a seguir nosso exemplo”, disse Gustavo Andrade e Lopes, presidente da Sociedade Rural do Paraná, que neste domingo (17 de Abril) circulou pelo Parque, recolhendo material reciclável em companhia de alguns diretores; do tricampeão mundial de rodeios Adriano Moraes e do gerente regional da Ambev, Rodrigo Vecchio.

Segundo Lopes, o Programa de Gestão de Resíduos na ExpoLondrina é algo inédito no segmento brasileiro. Ao mesmo tempo em que contribui com o sucesso do evento, ele cumpre uma lei municipal que exige dos grandes geradores a destinação adequada do lixo. “Nosso maior desafio é reduzir o volume de rejeitos (material não-aproveitado) que, diariamente, enchem 20 contêineres por dia que são encaminhados a uma empresa particular de tratamento de resíduos em Londrina.

Na opinião do peão de rodeio Adriano Moraes, sua participação na coleta é uma forma de homenagear os trabalhadores do setor que, muitas vezes, são desprezados. “Eles são peças fundamentais na realização de eventos como esse e nos incentivam a preservar os recursos naturais que ainda temos”, disse.

Banda Lyra Tatuí





Neste domingo, último dia do Rodeio da ExpoLondrina




Termina neste domingo, dia 17, a etapa londrinense do Rodeio Brahma Super Bull PBR. As provas acontecem no Recinto João Milanez, a partir das 19 horas.

As montarias em touro são disputadas por cerca de 30 peões do Paraná, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Na etapa londrinense serão distribuídos R$ 40 mil em prêmios.

As próximas etapas brasileiras acontecem em Aparecida do Taboado (MS) e Betim (MG), entre os dias 28 de abril e 1º de maio. A grande final do PBR acontecerá em Las Vegas, em outubro.

16 abril 2011

Projeto Feliz Idade




9º Leilão Cachoeira Fest





Presidente e ministro destacam consenso sobre Código Florestal




A possibilidade de uma tramitação tranquila do projeto de lei do novo Código Florestal no Congresso Federal foi destacada pelo presidente em exercício, Michel Temer, e pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, durante a visita à ExpoLondrina na manhã deste sábado.

Os dois declararam que numa reunião na quarta-feira entre ministros, deputados e lideranças chegou-se ao consenso na maior parte dos pontos. “Se houver divergências na votação, serão pontuais”, afirmou Temer.

Michel Temer destacou a força da agricultura no Paraná. “Venho visitar a Exposição num momento extraordinário, quando a agropecuária tem uma ênfase inclusive na China, durante visita da presidente Dilma”, disse, lembrando que a presidente abriu o mercado para venda de carne suína e negociações para carnes de frango e bovina.

O presidente em exercício declarou que a visita à ExpoLondrina demonstra a preocupação do governo federal com o agronegócio, segundo ele, o “suporte da nação”.

Temer e o ministro Wagner Rossi destacaram o papel dos produtores rurais no desenvolvimento do Brasil. Rossi afirmou que o Brasil foi abençoado pelas condições para a agricultura, mas ressaltou as condições no Paraná.

“Temos então que dar suporte a esta galinha dos ovos de ouro”, disse. O ministro afirmou que o bom desempenho da agropecuária, que teve um superávit de US$ 63 bilhões cobriu o déficit da indústria e comércio.

Rossi afirmou que a discussão da comissão de agricultura da Câmara com lideranças e os ministros da agricultura e Meio Ambiente acabou com as principais divergências do Código Florestal. “Cremos que a tramitação será fácil, pois apenas em alguns pontos não houve consenso”, disse.

Falando aos jornalistas, o ministro declarou que “não se pode aceitar que os produtores que contribuem com o crescimento da Nação sejam penalizados por utilizar a propriedade para produzir”. Segundo ele, os que pressionam para limitar a propriedade são os países que acabaram com seus recursos naturais e “agora querem vir aqui nos dizer como devemos fazer as coisas. Nós temos 55% da cobertura original”. Rossi destacou que os produtores há 120 anos obedeciam a lei ao cortar as matas para cultivar a terra. “Como vamos condená-los agora?”, questionou.

A discussão em torno do Código, segundo, Rossi, foi realizada com base científica e técnica.
Temer afirmou que o sucesso da 51ª ExpoLondrina revela a capacidade dos produtores do Estado. “O Paraná é onde se faz a América”, disse, fazendo uma alusão ao seu pai, que evocava a frase quando queria qualificar um bom lugar.

O governador Beto Richa afirmou que os produtores nunca se negaram a defender a natureza. “É preciso conciliar a produção e preservação dos recursos naturais”, disse. Richa destacou o apoio que tem recebido do governo federal e reforçou o pedido para resolver os problemas com aeroportos e Porto de Paranaguá.

Gustavo Andrade e Lopes, presidente da Sociedade Rural do Paraná, afirmou que o tema “O show de quem produz”, da ExpoLondrina 2011, tem como objetivo homenagear os agropecuaristas, que produzem alimento e riquezas e integram cidade e campo.

“São os protagonistas da produção”, disse. Ele destacou a participação na exposição de animais de alta tecnologia, máquinas e biotecnologia. Ele entregou o troféu ExpoLondrina a Michel Temer.

O prefeito Barbosa Neto enfatizou o êxito da ExpoLondrina 2011, com apresentação de tecnologias, atualização de mercado e palestras técnicas. “Aqui pulsa a vida”, sintetizou.

Ele agradeceu também a acolhida dos pedidos que estão sendo encaminhados ao governo federal, sobretudo dos recursos para a melhoria da infraestrutura, como as transposições da BR-369.

Participaram da cerimônia que envolveu o pronunciamento do presidente Temer, o Ministro da Agricultura, Wagner Rossi; o governador Beto Richa; o prefeito Barbosa Neto; o ex-deputado federal e assessor da vice-presidência, Rodrigo Rocha Loures; o ex-governador, Orlando Pessuti; os secretários estaduais da Fazenda, Luis Carlos Hauly e da Agricultura, Norberto Ortigara; os deputados federais, Alex Canziani, Andre Vargas, Moacir Micheletto, Nelson Padovan e Osmar Serraglio.

Olivier Anquier conhece os sabores da ExpoLondrina 2011



Convidado especial da Casa do Criador, o chef-apresentador Olivier Anquier veio conhecer os sabores da ExpoLondrina 2011 durante um almoço no local. Curioso pela gastronomia brasileira, Anquier viaja pelo País para conhecer pratos e receitas típicas. Ele chegou ao Parque de Exposições Ney Braga nesta manhã de sábado (16) e acompanhado de diretores e sócios da Sociedade Rural do Paraná fez um passeio pela Feira de Sabores, no pavilhão internacional. O chef deixa Londrina ainda neste sábado.

15 abril 2011

Primeiro dia do Rodeio





No final de semana tem Festival de Teatro e de Música na ExpoLondrina

O último final de semana da 51ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina tem apresentações de teatro e de música, numa organização em parceria com o Festival de Teatro (Filo) e Festival de Música (FML).

Neste sábado, dia 16, às 16h30, o público vai conhecer o trabalho da Trupe Sinhá Zózima, de São Paulo, através da montagem de O Poeta e o Cavaleiro. O espetáculo, inspirado no livro de Pedro Bandeira, se passa em Findomundo, uma pacata, risonha e livre cidadezinha localizada muito, mas muito longe, na época da Idade Média das Fábulas. Certo dia, um estrondo abala céu e terra. No meio do pânico, surge um herói chamado Dom Pendragon de Cantalupo, que irá restabelecer a ordem.

No domingo, 17, às 17 horas, o público da ExpoLondrina 2011 recebe a Companhia Brasileira de Mystérios e Novidades, um dos mais conceituados grupos de teatro de rua do Brasil. A trupe carioca comparece com o espetáculo A Chegança do Almirante Negro na Pequena África.

Com pernas de paus, os integrantes do grupo farão um cortejo pelas ruas do Parque Ney Braga chamando os visitantes para assistirem uma montagem em que é recriado artisticamente o sincretismo das encanterias, cerimônias semelhantes à pajelança.

Para isso, a companhia carioca lança mão de um repertório musical popular (tradições indígenas, africanas e europeias) e de danças. O roteiro explora pessoas, plantas, bichos, invenções e tem Albert Einstein e Mário de Andrade como referência, além de citações de episódios históricos como a Revolta das Chibatas. O espetáculo conta com 23 atores, músicos e dançarinos.

Festival de Música – Para a ExpoLondrina 2011, a organização do Festival de Música de Londrina chamou uma atração bastante concorrida e sempre aplaudida pelos visitantes do evento: a Banda de Metais Lyra de Tatuí.

“A parceria com a Sociedade Rural do Paraná sempre foi excelente, pois proporciona oportunidade do público de várias faixas etárias e de camadas sociais terem contato com música instrumental de qualidade”, atesta Lílian de Almeida coordenadora geral do FML.

A Banda de Metais fará duas apresentações, ambas no domingo, último dia da ExpoLondrina. A primeira acontece às 15 horas, com um Desfile Triunfal pelas ruas do Parque Ney Braga.

Já o concerto com a Banda Show está marcado para as 19 horas, na Pista Central Omar Mazzei Guimarães. A regência ficará a cargo do maestro Adalto Soares, fundador da corporação. No repertório, clássicos da música nacional e internacional.

Criada em 2002, juntamente com a percussionista Silvia Zamboni, a Banda de Metais é composta por cerca de 50 integrantes com idade entre seis e 16 anos. Todos estão inseridos num projeto de inserção social de comunidades de baixa renda através da música.

Em quase 10 anos de atividade, a banda conquistou diversos prêmios nacionais e reconhecimento internacional, através de apresentação em países europeus como a Alemanha.

Rodeio da ExpoLondrina 2011 começa nesta sexta-feira

Pelo quarto ano consecutivo, a ExpoLondrina irá abrigar mais uma etapa nacional do Profissional Bull Riders (PBR), o maior e milionário campeonato de montaria em touro do mundo. As provas do Campeonato Brahma Super Bull PBR 2011 começam nesta sexta-feira (dia 15) e prosseguem até domingo (dia 17), sempre às 20 horas, no recinto João Milanez. Ao todo irão participar 30 peões do Paraná, Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Na etapa londrinense serão distribuídos R$ 40 mil em prêmios.

As provas são classificatórias. Ou seja, durante os três dias os peões vão acumulando pontos. No domingo, serão selecionados apenas oito participantes para a prova final, que acontece tão logo forem divulgadas as melhores pontuações. Os comentários ficarão a cargo de André Metzker, ex- competidor e finalista mundial do Profissional Bull Riders (PBR), em 1998. O especialista vai explicar, em linguagem acessível, o desempenho de cada peão. A locução oficial será feita por Rafael Vilela.

Além das performances, o público verá todos os dias um espetáculo de imagem e luz que certamente deixará todos encantados. “Tradicionalmente, o rodeio realizado pela Sociedade Rural do Paraná é formatado para agradar a todos os membros da uma família. Por isso, nós nos esforçamos muito para proporcionar montarias de qualidade e também um belo espetáculo audiovisual”, informa Ilson Romanelli, diretor comercial da SRP e responsável pelo evento.

Para o gerente comercial da PBR Brasil, Rodrigo Valério, a etapa londrinense realizada durante a ExpoLondrina é uma das mais importantes no âmbito nacional por contar com a participação de renomados peões. “Temos orgulho de participar desse evento em função do empenho da Sociedade Rural do Paraná, além do calor com que o público de Londrina nos recebe”, analisa.

As próximas etapas brasileiras da PBR acontecem em Aparecida do Taboado (MS) e Betim (MG), entre os dias 28 de abril e 1ª de março.A final brasileira acontece em Cajamar (SP), em novembro. A grande final mundial está prevista para os dias 26 e 30 de outubro, em Las Vegas.

Peões em destaque

Entre os peões participantes do Campeonato Brahma Super Bull PBR 2011, os destaques são o londrinense Edgar Lázaro (que várias vezes chegou à final mundial), os goianos Eduardo Aparecido (atual líder do campeonato, de Gouvelândia) e Lucimar Laureano, o Mazinho (de Acreúna e que vem acumulando vários prêmios) e o paulista Edevaldo Ferreira (de Andradina, competidor que mais ganhou prêmio nas etapas nacionais).

Os touros virão das principais companhias brasileiras como Paulo Emílio e Gataz (ambas de São José de Rio Preto, SP), Cia. 3B (Cotia, SP) e Beto Tribulato (Nova Esperança, PR).

Durante a ExpoLondrina 2011, haverá a segunda etapa do Duelo Brahma, quando o competidor que melhor pontuar na sexta-feira (dia 15) e no sábado (dia 16) terá o direito de montar o touro “Agressivo”, até agora invicto. Caso permaneça durante os oito segundo no lombo do animal ele embolsará um prêmio de R$ 8 mil. Caso contrário, o valor do prêmio acumula para R$ 11 mil para a próxima etapa.

Provas com cavalos

Durante os três dias de rodeio haverá também competições com cavalos. As modalidades são as seguintes: As modalidades são as seguintes: Prova de Três Tambores (com participação de 10 competidoras pontuadas diariamente e que irão concorrer a R$ 12 mil em prêmios), Prova de Laço em Dupla (com 10 concorrentes masculinos e femininos que levarão para casas prêmios no valor de R$ 6 mil) e Prova ”Mala de Louco” (competição divertida em que um cavaleiro tem que engarupar o parceiro. Os melhores colocados receberão fivelas como prêmios).

Rodeio Mirim

A novidade do rodeio deste ano da ExpoLondrina 2011 será a realização do Rodeio Mirim, com montarias em carneiros, que contará com a participação de 10 crianças de ambos os sexos, com idade entre quatro e 12 anos. O vencedor levará para casa uma bicicleta. Os principais classificados também serão premiados.

Sobre o PBR

Criado em 1994, o Profissional Bull Riders agrega competidores de cinco países: Brasil, Estados Unidos, Canadá, México e Austrália. A final mundial neste ano irá acontecer entre os dias 26 e 30 de outubro, em Las Vegas, e contará com a presença dos 40 melhores competidores do mundo. Deste total, 10 são peões brasileiros.

O campeonato distribui um total de US$ 10 milhões, sendo US$ 1 milhão destinado ao grande campeão. O prestígio do Brasil no Profissional Bull Riders se deve aos seis títulos conquistados por Adriano Moraes (Quintana, SP – em 1994, 2001 e 2006, sendo ele o único competidor que conseguiu o tricampeonato até hoje), Ednei Caminha (Presidente Alves, SP, vencedor em 2002), Guilherme Marchi (Leme, SP, campeão em 2008) e Renato Nunes (Buritama, SP, 2010).

Adriano Moraes

As provas de rodeio da ExpoLondrina 2011 contarão com a participação especial de um celebridade da montaria internacional em touro. Trata-se de Adriano Moraes, tri-campeão mundial pela PBR, que irá interagir com o público e fará algumas narrações e comentários, além de receber uma homenagem da organização do Campeonato Brahma Super Bull PBR 2011.

Natural de Quintana (SP) e prestes a completar 41 anos de idade, Adriano Moraes tomou contato com o mundo dos rodeios e montou pela primeira vez aos 17 anos. Ele tornou-se campeão mundial pela primeira vez em 1994. Os dois outros títulos vieram em 2001 e 2006. Radicado atualmente nos Estados Unidos, Moraes é membro do Comitê de Regras e Regulamentos da PBR e também do Comitê de Conduta.

Mais informações sobre Adriano Moraes no site: www.adrianomoraes.com


SERVIÇO

As provas do de rodeio do Campeonato Brahma Super Bull PBR 2011 acontecem entre sexta-feira (dia 15) e domingo (dia 17), às 20 horas, no recinto João Milanez. Os ingressos comprados até as 18 horas do dia do evento terão o benefício da meia-entrada (R$ 16,00)

Copa de Hipismo movimenta ExpoLondrina

A pista equestre Família Romanelli, no Parque de Exposições Ney Braga, estará movimentada neste sábado e domingo, a partir das 9 horas, com a Copa Hipismo ExpoLondrina.

São 120 conjuntos que disputarão nove categorias, que vão de “X ao trote” até “1,30 m”. A prova é classificatória ao ranking estadual da Federação Paranaense de Hipismo.

Participam do torneio amazonas e cavaleiros de Londrina e de todo o Estado. O destaque é Paula Alho, campeã brasileira da categoria amazona Top e vencedora do Grande Prêmio Nacional Athina Onassis.

Este ano, a prova está sendo organizada pela Força Livre Escola de Hipismo, com a coordenação de Fátima Marchezoni.

Serão distribuídos prêmios no valor total de R$ 15 mil para as categorias mais altas.

Fêmea é vendida por R$ 540 mil na ExpoLondrina

O 7º leilão Paraguaçu RS, realizado na noite de quinta-feira, dia 14, dentro da programação da ExpoLondrina, atingiu o preço recorde por animal no evento. A fêmea Suprema TE TH foi arrematada por R$ 540 mil.

A fêmea foi vendida pelo criador Sidnei Tomé e arrematada por Carlos Henrique Ribeiro Belli.

14 abril 2011

Rodeio Mirim

A novidade do rodeio deste ano da ExpoLondrina 2011 será a realização do Rodeio Mirim, com montarias em carneiros, que contará com a participação de 10 crianças de ambos os sexos, com idade entre 4 e 12 anos. O vencedor ganhará uma bicicleta.

Via Rural recebe milhares de produtores rurais atraídos pela difusão de tecnologia e informações




Esta sexta-feira dia 15, a Via Rural, conhecida Fazendinha recebe as últimas visitas agendadas de produtores, a partir das 8h30 até as 18h. Este ano, o Emater organizou a vinda de 30 excursões por dia, com média de 500 pessoas. Devem chegar ônibus com produtores vindos de Arapongas, Cornélio Procópio, Floraí e Cafeara, com ingresso gratuito para os visitantes e estacionamento liberado.

Cerca de cinco mil produtores rurais das regiões Norte e Noroeste do Paraná devem ter passado pelo local mais conhecido como Fazendinha. Esta é a expectativa do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), responsável pelo local há 17 anos.

Este ano, o tema da Via Rural é`Renda da família rural na produção de alimento saudável´, com informações, máquinas e equipamentos distribuídos por 30 unidades demonstrativas e estandes dos parceiros técnicos e científicos (Iapar e Embrapa). Além destes, a Via Rural recebe apoio de federações, órgãos estaduais e sindicatos ligados à agricultura e meio ambiente; Sociedade Rural do Paraná, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Nesta edição, as novidades são uma mini-usina de transformação da mandioca em farinha (processo econômico na agricultura familiar), a estufa de bambu (olericultura de baixo custo) e a mini-serraria (unidade de árvores florestais), focada na geração de renda para pequenos produtores.

“Devido aos prejuízos causados pelas formigas cortadeiras (Saúva e Quem-Quem) nas lavouras da região, incluímos um estande destinado a informar o produtor rural sobre as possíveis soluções de combate a essa praga. É um exemplo do nosso esforço para inovar ano a ano a Via Rural com o intuito de atualizar e facilitar o dia a dia do produtor rural”,comentou Sérgio Luiz Carneiro, gerente regional da Emater.

Paulo Messioneiro e a esposa Sirlei Aparecida Jacinto, de Cruzmaltina, plantam tomate e buscam informações para deter o ataque da Murchadeira (doença que contamina a terra e inviabiliza o cultivo do tomate). “É a primeira vez que visitamos a ExpoLondrina e esperamos aproveitar bastante”, disseram

Luiz Claudecir Lange, agricultor de Lunardelli, é fã da Via Rural e defende o incremento tecnológico no campo como forma de garantir o sustento das propriedades. Ele planta alfafa, café, soja e milho e ficou entusiasmado com a derriçadeira e a secadora de grãos de café. “É muito diferente você ouvir a explicação do técnico sobre o funcionamento de determinada máquina e o uso de uma nova metodologia de plantio. Aqui é possível acompanhar as demonstrações e tirar dúvidas pessoalmente e isso é fantástico”, afirma Lange que, todos os anos, volta para casa levando vários folders e idéias na cabeça.

A família Lima, também de Cruzmaltina, é outra estreante na ExpoLondrina e surpreendeu-se com a possibilidade de substituir a velha armação das estufas de madeira pela estrutura de bambu na olericultura orgânica. “Nosso forte é o alface e sofremos muito com o ataque das lagartas. Se conseguirmos alguma informação sobre formas de detê-la será um passo importante para aumentarmos a produção e conquistarmos o selo de qualidade e entrar nos supermercados”, disseram o casal Maria José de Jesus Lima e José Aparecido Lima, acompanhados pelo filho Alan.


No final de semana a Fazendinha atende das 8h30 às 19h.

Quinta-feira tem três dos leilões mais concorridos da ExpoLondrina



A programação de leilões ExpoLondrina 2011 desta quinta-feira é uma das mais concorridas desta edição. São três leilões que vão movimentar o Parque Ney Braga e o Village Centro de Eventos, com grandes negócios de animais de elite, bovinos e ovinos.

A programação começa com o 4º Leilão Conexão Angus, que será realizado a partir das 17 horas, no Recinto Albdelkarin Janene, pela RBL. Na sequência, às 20 horas, no Recinto Horácio Sabino Coimbra, acontece o 5º Leilão VPJ Dorper, de ovinos. No mesmo horário, no Village Centro de Eventos, será realizado o Leilão Paraguaçu RS. Os dois últimos serão realizados pela Programa Leilões.

Conexão Angus

O Leilão Conexão Angus promete ser um dos mais disputados porque a carne de Angus está em alta no mercado. O remate ofertará 20 touros Angus e 650 animais de cruzamento industrial, meio sangue Angus. Destes, 100 são novilhas ½ sangue com registro e protocolo de vacinas reprodutivas (que previne doenças ligadas à reprodução), aptas a receber embriões.

“Isto garante que o comprador não perca tempo. Ele pega os animais e já pode usar. E não tem a perda costumeira, de 20% a 40% dos embriões implantados”, afirma o técnico da Associação Brasileira de Criadores de Angus, o veterinário Antônio Francisco Chaves Neto.

Além disto, a grande maioria dos animais ofertados vai a julgamento no curral, que será feito por três técnicos da Associação. Serão premiados animais nas categorias bezerro e bezerra menor, novilha e garrote.

“Serão julgados, premiados e vendidos”, disse o técnico. Segundo ele, isto assegura que os criadores tragam o melhor de sua produção para venda em leilão. “A procura tem crescido muito por causa da qualidade da carne”, explicou. Para Chaves, a expectativa de comercialização dos animais no remate é muito alta porque a carne certificada Angus recebe um “plus” na venda aos frigoríficos parceiros.

Só em 2010, a raça Angus comercializou quase 1,8 milhões de doses de sêmen, a segunda maior em número de doses comercializadas no Brasil, atrás apenas do Nelore. “A procura tem sido intensa por causa da qualidade da carne, da precocidade na terminação e da precocidade sexual das novilhas”, explicou.

Ovinos

Já o VPJ Dorper, de Valdomiro Poliseli Júnior, oferecerá 35 fêmeas e quatro machos Dorper e White Dorper para rebanhos de seleção. A ovinocultura é uma área que tem potencial para crescer no Estado, que detém hoje o sexto rebanho de ovinos, com aproximadamente 485 mil cabeças.

O brilho do Nelore

O leilão da Paraguaçu é outro evento que atrai muita gente interessada na alta genética disponibilizada. E não é para menos. Nos últimos cinco anos, o selecionador Carlos Henrique Belli, da Paraguaçu Agropecuária, vem acumulando recordes de público, média e faturamento da ExpoLondrina.

Em 2010, a edição do evento vendeu a bezerra Exótica da Paraguaçu, à época com 11 meses, por R$ 720 mil, o animal mais caro da ExpoLondrina.

Os 28 lotes comercializados movimentaram R$ 3,115 milhões, com uma média de fêmeas em R$ 136 mil.

Neste ano, a grande novidade é a parceria com a RS Agropecuária – de Roberto e Simone Bavaresco -, que promete repetir o sucesso.

Guilherme & Santiago encerram shows do recinto João Milanez




A programação artística do recinto João Milanez será encerrada nesta quinta-feira (dia 14), às 22 horas, com o show de uma das duplas sertanejas mais prestigiadas da música popular brasileira: Guilherme & Santiago.

Os irmãos goianos retornam à ExpoLondrina com a turnê do show “Tudo tem um porquê”, nome do CD e DVD homônimos lançado pela Som Livre. No repertório, sucessos como “E daí?”, “Tá se achando”, “Mete sua boca”, “Chovendo estrelas, entre outros. O projeto foi gravado ao vivo em 2009, em Jaguariúna (interior paulista).

Em 15 anos de carreira, Guilherme & Santiago emplacou diversos hits nas rádios extraídos dos 13 CDs e 3 DVDs. “Amadurecemos muito durante esse tempo. Toda a ansiedade já não existe mais”, diz Guilherme, 41 anos, cujo nome verdadeiro é Hericksson Cardoso Rosa.

A dupla conseguiu visibilidade maior em 2007 quando foi escolhida para apresentar o programa “Terra Nativa”, na Rede Bandeirantes. Previsto para durar um ano, a atração ficou no ar durante dois anos e acabou revelando muitos talentos do chamado sertanejo universitário.

“A experiência da TV foi maravilhosa, mas sabíamos que não seria para sempre. Somos cantores e a carreira precisa de muita dedicação”, analisa Guilherme, 35 anos, nascido Henzo Cardoso Rosa. Antes da fama, os irmãos gravavam jingles para comerciais de televisão.

Palco 2/Igapó FM

Após o show no recinto João Milanez, quem anima os visitantes da ExpoLondrina 2011 é a também dupla goiana César & Alessandro, no Palco 2/Igapó FM.

Os amigos vêm apresentar música do mais recente CD, “Casa liberada”. Há 15 anos na estrada, a dupla já lançou cinco discos e um DVD. Entre os sucessos constam “Amor pra vida inteira”, “Onkotô”, Caba não mundão”, entre outros.

13 abril 2011

Paula Fernandes e Jeann & Júlio fazem shows na ExpoLondrina




Na terceira noite de dupla apresentação, a ExpoLondrina 2011 recebe nesta quarta-feira (dia 13), às 22 horas três artistas em franca ascensão no cenário musical. Trata-se da cantora e compositora Paula Fernandes e a dupla Jeann & Julio, que prometem levar um bom público ao recinto João Milanez.

Considerada o mais novo fenômeno da MPB, a mineira Paula Fernandes sobe primeiramente ao palco para apresentar canções do recente CD e DVD registrado ao vivo, lançados pela Universal Music.

O repertório contempla canções próprias – e já transformadas em hits radiofônicos – como “Pássaro de fogo”, “Meu eu em você” e “Jeito de mato”, além de releituras como “Quando a chuva passar”, “Ainda ontem chorei de saudade” e “Costumes” – um clássico de Roberto e Erasmo Carlos.

Nascida em Sete Lagoas, interior mineiro, Paula Fernandes canta desde os oito anos de idade. Ela gravou seu primeiro disco, de forma independente, aos 10 anos de idade. Ainda na cidade natal, apresentou um programa de rádio, “Criança Esperança”, e se apresentou algumas vezes no extinto “Paradão Sertanejo”, na TV Bandeirantes de Minas Gerais.

Aos 12 anos idade, Paula mudou-se com a família para São Paulo e chegou a atuar como cantora, durante cinco anos numa companhia de rodeio, com na qual viajou por todo o Brasil. Antes de tornar-se nacionalmente conhecida, a cantora e compositora chegou a gravar um disco com canções em inglês, “Dust in the wind”, também lançado de forma independente.

A artista, atualmente com 26 anos, tem uma discografia composta por seis discos e um DVD. O projeto mais recente, “Ao Vivo”, veio para consolidar o talento de uma intérprete, que arrancou elogios de importantes nomes da MPB, entre eles o “rei” Roberto Carlos. Sobre seu estilo musical, Paula Fernandes o classifica como “pop rural”.

Jeann & Julio

A noitada musical continua com a apresentação da dupla Jeann & Julio, que vem interpretar sucessos como “Creme de verão”, “Pagode ou sertanejo”, “Besteirinha” e, claro, “Baladeira”, canção incluída na trilha sonora da novela “Araguaia”.

Os artistas londrinenses, juntos há três anos, estão conquistando cada vez mais espaço em âmbito nacional. Para se ter uma ideia da popularidade, a dupla foi recém contratada pela gravadora Som Livre, que deverá colocar no final de abril o CD “Eletroacústico”. Jeann, com 23 anos, faz a segunda voz. Julio, 29 anos, é também compositor. Ambos vêm se destacando como uma das mais gratas revelações do chamado “sertanejo universitário.

Palco 2/Igapó FM

Após as apresentações no recinto João Milanez, a dupla Evandro & Agnaldo, de Cornélio Procópio, se apresenta no Palco 2/ Igapó FM.

(Antônio Mariano Júnior)

Diversidade comercial é marca registrada da ExpoLondrina




Nem só de grandes expositores rurais é feito o dia a dia da ExpoLondrina 2011.A diversidade comercial é uma das marcas do evento, reconhecido como um dos mais importantes do setor agropecuário e de lazer do Brasil.

Gastronomia, moda, acessórios, móveis e decoração são outros segmentos importantes que movimentam a economia no Parque de Exposições Ney Baga nos 11 dias da ExpoLondrina – 7 a 17 de abril.

No setor de gastronomia, churrasco, cachorro-quente, pastel, batata frita, espetinho, esfirras, yakisoba, acarajé e até o tradicional arroz com feijão, podem ser saboreados no Parque. A variedade de alimentos inclui ainda doces caseiros, sorvetes e frutas caramelizadas que fazem a alegria de adultos e crianças.

Há cerca de oito anos, Amarildo Bonfim, de Nova Fátima (região de Cornélio Procópio), comercializa churros na ExpoLondrina. Seus quitutes são recheados com doce de leite ou chocolate e cobertos por granulado ou amendoim picado, ao preço de R$ 3,00 cada.

Alexandre Pereira Lima, 32 anos, conhece a ExpoLondrina, praticamente, desde que nasceu. Sua família participa do evento comercializando batata frita e elogia a organização e estrutura do Parque. “Viajamos o Brasil inteiro e, para mim, é a melhor feira de todas”, disse o rapaz.

Outro setor que chama bastante a atenção do público é o de roupas, calçados e acessórios. Este ano, a ExpoLondrina recebe dois novos estandes: Los Corrales e Boutique Rural. Na primeira, argentinos vendem camisas, calças jeans, alpargatas, artefatos em couro (casacos, chapéus, botas, cintos, malas e bolsas), utensílios e objetos de decoração banhados a prata com design clássico. “Ouvimos falar da ExpoLondrina há muito tempo. Porém, só agora apareceu a oportunidade e estamos muito satisfeitos com a infraestrutura do Parque e a receptividade do público”, disse Sebastian Frossard.

Na Boutique Rural, Daniella Blaia disse que a maior procura tem sido pelos bonés da Sociedade Rural do Paraná e camisa do rodeio profissional. “Criar esta loja era uma idéia antiga da entidade e a proximidade com a DB Uniformes em outras ocasiões facilitou a parceria”, explicou a empresária, que vende também camisetas, camisas pólo, jogo americano e porta-lixo de carro em tecido bordado, canecas e porta-latas silkados com a marca da ExpoLondrina. “O volume de vendas está bom. Esperamos acabar com o estoque produzido até o final de semana”, concluiu.

O setor moveleiro está bem representado pela Móveis Movepar, Mobi Design e a Varanda Brasil. A primeira fabrica móveis rústicos com troncos, raízes e galhos de árvores condenadas por doenças ou derrubadas pelo vento.

Segundo Ademir Tizo, proprietário da Movepar, a expectativa é aumentar em 100% o volume de vendas em relação a 2010, ano difícil em função da crise econômica mundial. “Além das novidades em peças, inauguramos no início do ano uma fábrica em Londrina o que, consequentemente, facilita a pronta entrega”, explicou o empresário. Em seu estande são encontradas mesas de jantar e para piscina, cadeiras, banquetas, porta-vasos de flores e redes.

Estreante na ExpoLondrina, a Mobi Design chega com o intuito de divulgar a marca. Conforme o gerente Fábio Calado Bueno, a empresa tem dois anos e, no início, voltou-se exclusivamente para o atacado.

A participação na feira agropecuária é, praticamente, sua primeira ação de marketing voltada ao varejo. A Mobi Design comercializa poltronas, cadeiras, banquetas e pufes, de designers reconhecidos mundialmente como, por exemplo, Vernie Panton, Charles Eames e Louis Ghost. “O movimento no estande está excelente e, por isso, nossa expectativa pós-feira é das melhores. Estamos fazendo ótimos contatos, cadastrando interessados e divulgando nosso catálogo”, acrescentou.

Celita Romanelli, proprietária da Varanda Brasil, pelo terceiro ano consecutivo expõe suas peças na ExpoLondrina. São poltronas, mesas, cadeiras, pufes, namoradeiras e até camas com estrutura de alumínio e revestidos com fibra sintética.

“Conseguimos mobiliar uma casa inteira para gostos e bolsos diferentes, com preços que variam de R$ 130,00 a R$ 7 mil, de acordo com a peça”, disse a empresária ao cumprimentar a Sociedade Rural do Paraná pela data escolhida para realizar o evento.

“O produtor rural tem sobra de capital porque a colheita foi excelente e o assalariado acabou de receber o pagamento”, justificou.

Vacina para tilápia é lançada na ExpoLondrina

O lançamento da vacina para tilápia é o destaque do 10º Seminário Estadual de Aquicultura, promovido pelo Instituto Emater. O evento, parte da agenda técnica da ExpoLondrina, será realizado nesta quinta-feira, dia 14, às 8h30, no auditório Milton Alcover, no Parque de Exposições Ney Braga.

A vacina para bacteriose em tilápia representa um grande avanço para a aquicultura. Palestra sobre o assunto será feita pelo veterinário Rodrigo Zanolo, da Intervet Schering-Plough Animal Health, de Cotia (SP). De acordo com Luiz Sá Barreto, técnico do Emater, estudos estão sendo realizados em busca da vacina para peixes nativos.

A primeira palestra do dia, com o zootecnista João Manuel Cordeiro Alves, “Produção de peixes: desafios e oportunidades”, vai traçar um panorama sobre a atividade no Brasil.

De acordo com Barreto, após a criação do Ministério da Pesca e Aquicultura o setor passou a crescer e despertar a atenção de produtores. “O caminhão do peixe, recém chegado a Londrina, e a construção de frigoríficos em Cornélio Procópio e Alvorada do Sul, com recursos do governo do Estado, são resultados da nova política implantada no Brasil”, diz o técnico.

Barreto afirma que o seminário já é tradicional na ExpoLondrina e terá participantes da região, de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Nos últimos anos o evento conta também com a presença de pescadores profissionais artesanais.

A ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti, será representada no evento por Estevão Campelo, diretor do Departamento de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura nas Águas da União/Secretaria de Planejamento e Ordenamento da Aquicultura (DEAL/Sepoa) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Ele irá coordenar uma mesa com o tema “A pesca e a Aquicultura na Produção Nacional”.

Ao final do evento, os participantes fazem visita técnica na Via Rural-Fazendinha, Feira de Sabores e outros setores da ExpoLondrina.

12 abril 2011

Fórum Desenvolve na ExpoLondrina 2011

Diretores do Fórum Desenvolve Londrina participam nesta quarta-feira (13), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de evento sobre “Empreendedorismo na Escola”.

O encontro conta com a participação do especialista no assunto Fernando Dolabela, que falará para escolas, entidades empreendedoras e poder público sobre a pedagogia empreendedora. O encontro será no estande da ACIL, na ExpoLondrina 2011, no Parque Ney Braga, com início às 16h30.

Toneladas de latinhas



Em apenas quatro dias de trabalho, os quarenta e sete agentes ambientais da Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e de Resíduos Sólidos da Região Metropolitana de Londrina (Coopersil), já retiraram do Parque de Exposições Governador Ney Braga duas toneladas e sessenta quilos de latinhas de alumínio.
Nesta edição da Expo Londrina, os agentes ambientais recebem o apoio e treinamento dos profissionais do Instituto de Compromisso com o Desenvolvimento Humano (ICDH), através do Projeto Adere ao Universo Bem Me Quer, que tem a finalidade de difundir a consciência de preservação em feiras agropecuárias e gerar oportunidades para o desenvolvimento humano de profissionais que coletam material reciclável nestes grandes eventos.

Esta é a primeira vez que o Projeto Adere ao Universo Bem Me Quer participa da Expo Londrina. Renata Molezin, superintendente da Adere, conta que o projeto nasceu em 2007 na Festa de Peão de Barretos, e já recolheu mais de 100 toneladas de material reciclável em diversas feiras espalhadas pelo Brasil. “Além de diminuir o impacto ambiental causado nestes eventos, estamos resgatando a auto-estima dos profissionais que realizam a coleta. Oferecemos corte de cabelo, massagem, uniforme, equipamentos de segurança e um espaço digno de descanso para os nossos agentes”.

Também são oferecidas palestras sobre economia familiar, consumo de álcool e drogas, qualidade de vida e valorização profissional.
Para Gustavo Lopes de Andrade, presidente da Sociedade Rural do Paraná (SRP), o sucesso da Expo Londrina passa também pelo bem-estar dos agentes ambientais. “É muito importante que entidades como ICDH venham somar forças conosco. Este é um trabalho inovador e não podia ficar de fora. Esta é a primeira vez que trabalhamos juntos e acredito que a nossa parceria durará muitos anos. Os agentes ambientais devem receber todo o nosso apoio e um bom tratamento. O sucesso da feira passa por eles”, afirma.
O estande da Adere do Universo Bem Me Quer fica ao lado do Pavilhão Internacional Octávio Cesário Pereira Júnior.

Show do Jorge e Mateus





Uma dose de teatro para quem não separa lixo




A Ong Meio Ambiente Equilibrado (MAE) e o grupo de teatro Garagem atuam na educação ambiental dos visitantes e expositores da maior feira agropecuária da América Latina, a ExpoLondrina 2011. Nos 11 dias, são esperados 480 mil visitantes – e entender para intervir nas rotinas de geração de resíduos desta “cidade” temporária é um dos desafios colocados pela diretoria da Sociedade Rural do Paraná (SRP) à Ong MAE.

O trabalho de avaliação e levantamento dos resíduos gerados pela Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina tem o reforço de atores de teatro que, à tarde e à noite, interagem com o público em todos os setores do recinto. A intervenção com o público e expositores objetiva, no ano que vem, tornar a feira um modelo de gerenciamento de resíduos – e são muitas as ações necessárias.

De início, a Ong MAE orientou a SRP a dispor 400 pares de lixeiras com separação de materiais recicláveis, orgânicos e rejeitos. A Coopersil foi contratada para manejar materiais recicláveis - principalmente milhares de latinhas de suco, refrigerante e cerveja esvaziadas pelos consumidores. Como a feira já se destaca pela limpeza das ruas internas do Parque Ney Braga, agora a tarefa se volta para o gerenciamento de resíduos.

Cozinheiros, garçons e atendentes também são orientados por monitores da Ong MAE a dar os primeiros passos para tratar melhor o lixo da feira e, com isso, reduzir os impactos ambientais da geração de resíduos. É a primeira vez que a maioria dos expositores tem contato com noções básicas de separação de resíduos.

“Neste contexto, o teatro tem um papel fundamental: sensibilizar os visitantes e o expositor da feira”, afirma Eduardo Panachão, presidente da Ong MAE. “Foi uma das maneiras que encontramos para chamar a atenção para o grave problema que é a geração de lixo sem controle na cidade”, diz o ambientalista.

Os atores do grupo Garagem percorrem ruas e corredores e, de surpresa, encenam as apresentações. Uma delas é uma “flashmob”, atividade rápida com o uso de resíduos e que promete surpreender os visitantes. Além da flashmob, há duas mini-peças. Numa, um caipira acaba por “endireitar” a madame que mostra preocupação com o futuro do ambiente no planeta, mas comete erros grosseiros com os próprios resíduos. A outra peça mostra como animais do meio rural sentem os impactos negativos do mau gerenciamento do lixo produzido por humanos. As peças focam no público adulto – considerado como o mais difícil na hora de abandonar maus hábitos.

“O teatro é uma ferramenta educativa eficiente e prazerosa no momento de mudança de atitude do cidadão quanto à saúde das cidades e do meio ambiente”, avalia Fábio Cavazotti, jornalista e diretor da Tangará Comunicação - empresa especializada em Comunicação e Educação Ambiental e responsável pelo trabalho teatral. “Situações práticas mostram à população como a questão ambiental está inserida no seu dia a dia”, acrescenta. “A interatividade com os visitantes permite alertá-los a observar corretamente como separar resíduos, cuidar melhor dos recursos naturais e desenvolver uma visão mais integrada com o espaço ao redor de cada um, inclusive dentro da feira e na hora da diversão.”

João Bosco & Vinicius fazem show na ExpoLondrina 2011



Alçada ao primeiro escalão do sertanejo universitário, a dupla João Bosco & Vinícius faz a festa nesta terça-feira (dia 12), às 22 horas, no Recinto João Milanez, durante a 51ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina. Eles vêm com a turnê “Coração apaixonou”, título do terceiro DVD e sexto CD gravado ao vivo, em Ribeirão Preto (SP), em dezembro de 2009.

Com quase duas horas de show, João Bosco & Vinícius vão interpretar grandes sucessos como “Chora me liga”, “Hei, psiu, beijo me liga”, “E daí”, além de clássicos sertanejos como “Saudades da minha terra” e “60 dias apaixonado”. Um espetáculo com muitos efeitos cenográficos.

O mato-grossense João Bosco Homem de Carvalho Filho e o sul-mato-grossense Vinícius Fernando Karline estão juntos há 17 anos. Resolveram formar uma dupla por um motivo especial: por muitas vezes eles se enfrentavam como concorrentes em concursos de músicas e se revezavam como vencedores.

A união fez a força e, aos poucos, os artistas tornaram-se populares nas baladas do chamado circuito universitário. Para ganhar a simpatia dos estudantes, no início a dupla trocava o cachê por ingressos que eram distribuídos nas faculdades. O “marketing” deu certo.

Atualmente, a dupla João Bosco & Vinícius arrasta legiões de admiradores por onde passa, inclusive no exterior. Em fevereiro deste ano, a dupla fez uma bem sucedida turnê que passou por Madri, Londres, Lisboa e Porto.

Após a apresentação, a dupla Tony & Tiago, de Maringá, faz show no Palco2/Igapó FM localizado na Praça Governador Mario Pereira, ao lado do Parque de Diversões.

11 abril 2011

Pavilhão Nacional oferece comércio diversificado na ExpoLondrina




O visitante da 51ª ExpoLondrina interessado em roupas, bijuterias, artesanato, calçados, utensílios domésticos e objetos de decoração não pode deixar de visitar o Pavilhão Nacional.

O espaço está totalmente preenchido por 84 expositores provenientes de várias cidades do Paraná e outros Estados, como São Paulo.

Segundo os comerciantes do local, o crescimento nas vendas é gradativo e, certamente, atingirá seu pico no próximo final de semana.

Para Paulo Lima, presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Londrina (Adefil), a expectativa é muito boa. Na loja da entidade, estão expostos tapetes de crochê, porta-joias, objetos de biscuit, panos de prato e peças em patchwork produzidas pelos membros da Associação em prol da Clínica de Fisioterapia que ela mantém no centro da cidade. “Esta é a primeira vez que estamos aqui e já adiantamos à administração da Sociedade Rural que em 2012 voltaremos”, disse Paulo.

Na Krep´s Suisso, a maior procura é pelos recheios de Presunto com queijo e pizza ao custo de R$ 5,00 cada. “Se o clima permanecer favorável, podemos conseguir um resultado até acima do esperado”, disse o vendedor Fabrício Mehreti.

Na opinião de Dayse Cristina Povh, proprietária da Arcangel Couros, seria melhor que a temperatura caísse para colocar em evidência seus casacos produzidos em Mandaguari (região de Maringá). São peças que custam entre R$ 100,00 e R$ 320,00 e podem ser adquiridas também com o uso do cartão de crédito. “A ExpoLondrina é sempre a primeira feira que participo no ano porque meu principal volume de vendas ocorre entre o Outono e Inverno”, completou.

A comerciante Josefa Marques é uma das veteranas do Pavilhão Nacional. Há 10 anos, ele vem de São Paulo (capital) para comercializar bonés, lenços, bolsas infantis, bijuterias e acessórios na ExpoLondrina. A partir deste ano, esta será a única feira do Paraná que ela irá participar. “Embora tenha muita gente nova, conheço boa parte dos comerciantes que expõem aqui. Nossa perspectiva é boa este ano devido à época do mês (pós-pagamento)”, comenta.

O Pavilhão Nacional funciona de segunda a sexta-feira, das 14h à 0h e, aos sábados e domingos, das 10h à 0h, incluindo a praça de alimentação.

Show do Eduardo Costa